Reflexão da Semana

Sabem aquelas semanas em que sentem exaustos, sem energia e motivação?

Esta semana foi assim para mim. Senti-me mal fisicamente, cansada psicologicamente. A vida nem sempre está como queremos, somos demasiados exigentes e deixamo-nos levar pela falta de motivação da rotina. E a nossa vida, por vezes, está perfeita mas temos de arranjar algo para criticar… Somos humanos e somos mulheres perfeccionistas, fazer o quê?…

Não é novidade que eu me debato com alguns problemas digestivos, derivado de genética (talvez?) e algumas mazelas que vêm de há muitos anos atrás. Mas é algo que prefiro não me alongar muito, porque os meus sintomas podem ser idênticos aos vossos e, no entanto, serem patologias completamente diferentes. Por isso eu digo sempre: procurem ajuda de um profissional da área! Isto é tão importante…Durante imenso tempo achei que fazia as escolhas certas para mim, por tudo o que se lê e acredita. Mas a verdade é que não nos podemos guiar por linhas gerais. Temos de ser acompanhados individualmente e por quem tem formação para tal 🙂

Bom, depois deste primeiro desabafo geral…A verdade é que, neste momento, falta-me pouco para me sentir realmente realizada. E o que me falta está em progresso. Tenho a minha casa, trabalho, os meus amigos e o coração preenchido. Tenho saúde (apesar destes problemas digestivos mas que se resolvem), tenho dinheiro suficiente para viver, tenho (quase) tudo. Mas, por vezes, a energia falta. E não falo de energia para treinar ou motivação para comer saudável, falo daquele: “como estás?” e respondes: “hmm…estou bem……”. 

Todos temos semanas assim. O que resulta para mim é relaxar, pôr uma música bonita a tocar e pensar nas coisas boas que vêm aí! Nunca nos deixar levar pelo desânimo e, no fundo, aceitar que os dias não têm de ser sempre perfeitos 🙂

Se andam com falta de ânimo há muito tempo, sugiro que comecem uma actividade nova que gostem. Seja ler, dançar, cozinhar, o que seja! Um novo projecto de vida (por mais pequeno que seja) faz milagres!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*