Ser Saudável é encontrar o Equilíbrio…

 

Que eu sou adepta de um estilo de vida saudável, não é novidade. Mas também acredito que ser saudável passa, também, por não cair em exageros e por encontrar um equilíbrio. Hoje venho contar-vos o que é, para mim, o equilíbrio e como o aplico na minha rotina saudável.

Quem me segue há mais tempo, sabe que eu sempre controlei muito a minha alimentação e os meus treinos. Tenho sido acompanhada pela Tatiana Costa da equipa Scoop by Scoop, que me tem ensinado muito e ajudado a atingir os meus objectivos. A Tatiana passa-me um plano alimentar, com quantidades certas, refeições certas e treinos, que eu sempre cumpri à risca. É verdade que para atingirmos certos objectivos, como emagrecer, perder massa gorda ou ganhar massa muscular, temos de controlar estas coisas. Mas a verdade é que isso só é possível se conseguirmos manter um equilíbrio na nossa vida. E nem sempre percebi isso…

Viver significa ter alguma liberdade, poder desfrutar dos momentos certos e perceber o quão importante isso é para nós. Tenho vindo a realçar isso várias vezes nos meus posts, porque considero que esta é mesmo a chave para o sucesso. Não estou a dizer que devemos fazer o que nos apetece quando nos apetece, sem medir consequências. Mas estou a dizer que é impossível mantermos uma rotina super minuciosa e controlada: precisamos de nos libertar disto!

Vejo muitas meninas que ficam loucas quando não treinam ou se estão 2 dias seguidos sem treinar, ficam ansiosas, tristes, revoltadas. E eu pergunto-vos: acham que estar 3 ou 7 dias sem treinar vai fazer com que não alcancem o que querem, se todos os outros dias treinarem? Claro que não. A não ser que tenham uma competição à porta ou algo do género, não é uma semana que vos vai retirar todo o esforço feito. E, além disso, se não treinaram, por exemplo, porque foram de férias, não é bom esse sentimento de gozar a vida? É óptimo! Quando ficamos ansiosos nem conseguimos aproveitar os momentos…e isso não nos dá prazer nenhum em viver.

Aconteceu-me muitas vezes não aproveitar fins-de-semana, saídas, férias, por não saber como comer as minhas quantidades, como treinar, etc. E foram os momentos mais infelizes da minha vida. E mais, não foram os momentos onde atingi os meus objectivos. Foram fases onde a ansiedade tomava conta de mim e eu tornava-me mais irritada, mais stressada e ficava doente constantemente. Hoje em dia aproveito todos os momentos que posso. Mas claro, com equilíbrio! Conto-vos como organizo a minha vida:

Treinar entre 4 a 6 vezes por semana:

O ideal seria treinar 5 vezes por semana, mas nem sempre é possível. Ou porque o corpo está demasiado cansado, ou porque tenho trabalho a mais ou porque preciso de ter mais descanso durante a semana. Hoje em dia sou flexível a este ponto e, por exemplo, se não conseguir treinar ao fim-de-semana, então aproveito para descansar ou para ir para fora. Antes TINHA de ir, sentia-me mal se não fosse e mesmo que sentisse que precisava dormir mais ou ficar na ronha, ia arrastada. Hoje em dia, só vou mesmo arrastada se perceber que é demasiado preguiça da minha parte 😛 Normalmente, consigo treinar 5 vezes, mas não é o fim do mundo se não conseguir. E sinto-me tão melhor assim!

As férias são para aproveitar

Deixei de ir de férias a pensar: meu Deus, o que vou comer? Como vou fazer os meus horários? Não posso ir a este ou aquele restaurante, não posso beber um copo de vinho. Stop! Isso parou de acontecer…Vou de férias para descansar, já tenho uma rotina tão intensa que férias não é só descansar do trabalho mas de tudo! Aconteceu-me o mês passado ter ido para o Porto com o meu namorado na semana anterior a ter uma sessão fotográfica…Parei e decidi: eu vou aproveitar isto, não posso estar presa a algo que me impeça de viver estes escassos momentos de lazer… E assim foi. Esses dias comi o mais saudável possível mas sem pressões e, quando me apetecia sobremesa, comia sobremesa. Bem, cheguei muito mais leve depois das férias e com muito mais energia para recomeçar com os treinos e o plano alimentar.

Mais liberdade nas refeições

Excluir demasiados alimentos da alimentação, ter alimentos proibidos, deixou de resultar para mim. E falo de alimentos simples como hidratos à noite! Sim, o meu plano não tem hidratos à noite e, durante a semana, consigo cumprir. Mas, por exemplo, se tiver um jantar entre amigos não vou recusar! Quantos jantares recusei…mesmo ao fim-de-semana. Ou se não recusava ficava ansiosa. O equilíbrio é conseguir ir sem pressões, no final até comemos saudável e aproveitámos o jantar. a ansiedade é o nosso pior inimigo…

Desligar das redes sociais

Já tinha falado deste tópico no artigo Stress? Não, obrigado! e cada vez mais tenho posto em prática! Não consigo estar sempre preocupada com posts no Instagram de tudo e mais alguma coisa. Do que como, do que treino, quando treino. Simplesmente, preciso de pausa e é uma óptima forma de retirarmos mais essa pressão de cima. Não deixei de fazer, atenção, simplesmente não vejo como obrigação. E acabo por desfrutar mais de tudo o resto, principalmente ao fim-de-semana. 

Com isto não significa que deixe de ter uma alimentação saudável ou que deixe de treinar…pelo contrário! É apenas ter uma outra perspectiva das coisas, para viver melhor e mais feliz 🙂

Estas são as minhas formas de encontrar o equilíbrio, dentro da minha rotina muito intensa e cheia de coisas. E vocês, como conciliam tudo? 

Beijinhos,

Anita

One Comment

  1. Joana Barbosa

    Obrigada pelo teu testemunho Anita! Há já algum tempo que te sigo e a verdade é que os teus resultados são a visíveis. Será que me podias esclarecer como é a tua rotina de cardio (intensidade e duração)? O objectivo seria a perda de massa gorda, mas sem comprometer o ganho muscular com os treinos de musculação (eu treino 5/6 dias na semana). Normalmente faço 20 – 30min de cardio a seguir à musculação. Ou aula de Rpm ou hiit na passadeira. Achas que é ok a fim de não comprometer a massa muscular? Obrigada e continua a inspirar-nos!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.